Black Friday: como preparar a logística para a sexta-feira mais rentável do ano?

Uma pesquisa feita pela plataforma de comércio eletrônico Zoom revela que a Black Friday está cada dia mais consolidada no Brasil.  

Dos mais de 4 mil entrevistados, 95% pretendem comprar e 60% afirmam que gastarão mais de mil reais este ano.  

Além disso, 90% não tiveram problemas com a Black Friday em 2018, o que mostra que a desconfiança gerada nas edições anteriores (que rendeu ao evento o apelido de Black Fraude) já foi quase totalmente contornada. 

No entanto, ainda há quem deixe de comprar na Black Friday por conta de insatisfações no passado. 

Boa parte das reclamações dos consumidores está relacionada a problemas com a entrega e disponibilidade dos produtos.  

Para amenizar isso, é importante que os e-commerces planejem-se com antecedência e as empresas de logística ofereçam diferentes opções de fretes, apostando em sistemas eficientes de cálculo de prazos e valores.  

Confira algumas dicas para manter os clientes satisfeitos e evitar dor de cabeça durante a Black Friday: 

Definição dos produtos 

A escolha dos produtos que terão os principais descontos já deve ser feita antecipadamente para que haja tempo suficiente para contratar os fornecedores e iniciar a produção do estoque. Caso você já tenha participado da Black Friday nas edições anteriores, use os dados da última campanha para listar quais foram os produtos mais vendidos, em qual quantidade e em quanto tempo acabaram os estoques para definir os produtos que serão ofertados este ano. 

Planejamento de estoque 

Outra necessidade especial nesta data é o planejamento e a gestão dos estoques. Uma boa alternativa é alocar os produtos em diferentes centros de distribuição, espalhados pelo país. Além disso, é importante treinar a equipe de despacho e automatizar o máximo as operações. 

Oões de frete 

Mesmo com o frete gratuito, alguns compradores podem preferir pagar mais para receber sua encomenda em um prazo menor ou optar pela entrega agendada, por exemplo. Além disso, o ideal é não deixar apenas uma empresa cuidando de todas as entregas. Ofereça múltiplas opções de frete, como Correios, transportadora e motoboy. Vale até mesmo fechar uma parceria com aplicativos de entrega, como Rappi, Loggi e iFood. 

A Black Friday é uma ótima oportunidade para aumentar as vendas, mas que requer grande esforço e planejamento. Planeje-se com antecedência e não deixe essa oportunidade passar. 

Sobre o Autor   

A tegUP é uma aceleradora de startups e braço de inovação aberta da Tegma Gestão Logística. A aceleradora apoia startups e empresas de tecnologia transformadoras que ofereçam produtos, serviços e tecnologia relacionados ao universo da Logística, apresentem alto potencial de evolução e necessitem de algum tipo de suporte para acelerar seu crescimento.   

www.tegup.com





© TegUP Ventures 2022. Todos os direitos reservados. Imagens meramente ilustrativas.

Siga-nos nas redes:

Facebook Linkedin Instagram
.